O mês de março já tem um marco inicial de emissoras migrantes ativas em FM: são 347 rádios segundo o levantamento do Guia de Rádios / Dials AM-FM do tudoradio.com. Diariamente a equipe pesquisa para levantar quais AMs já operam em FM e como ficou organizado o dial dos locais que abrigaram essas novas estações entre 88.1 FM e 107.9 FM. 

 

O processo ficou acelerado no Paraná, estado que passou a contar com 46 migrantes da faixa AM ativas no dial FM, seguido por São Paulo, que tem 44 migrantes AM-FM mapeadas . A última inclusão em território paulista aconteceu na região de Penápolis, com o início das transmissões da Rádio Difusora FM 88.3, estação classe B2 de operação. Já no Paraná a última migrante AM-FM com cobertura cadastrada no sistema foi a Rádio Colmeia FM 98.7 de Maringá (concessão de Sarandi).

 

A migrante AM-FM mais recente do levantamento está na Paraíba. A Rádio Cultura FM 94.5 de Guarabira, estação de classe A3 de operação, localizada próxima às populosas regiões de João Pessoa (PB) e Campina Grande (PB).

 

Em Teresina (PI), está a CBN FM 97.5. A rede jornalística já contou com evento oficial para a sua inauguração, estação que também já opera com sistema de RDS. Antes disso, Florianópolis passou a acompanhar a Rádio Jornal A Verdade FM 107.3, vinda da faixa AM e originada em São José (SC).


No Espírito Santo, as antigas emissoras da Rede SIM AM passaram a operar em FM, iniciando uma expectativa para a chegada da Transamérica nas praças de Cachoeiro de Itapemirim, São Mateus e também na Grande Vitória. O interior do estado também passou a contar com a Rádio Diocesana FM 95.7, migrante em Cachoeiro de Itapemirim.

 

Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão e Rio Grande do Sul também contribuíram para as últimas atualizações. Após Paraná e São Paulo, o estado mineiro é o que tem o maior número de migrantes AM-FM mapeadas pelo portal: 39 estações.

 

Clique aqui e confira a lista completa de migrantes AM-FM mapeadas.

 

 


RCR/TudoRádio