Segundo o Jornal Oficial da Federação do México, fabricantes de smartphones e aparelhos celulares básicos vendidos no país devem ativar o chip FM para que os usuários acessem o dial FM pelos aparelhos. A norma foi emitida pelo Instituto de Telecomunicações Federal (IFT), ele determina que, com exceção de dispositivos que não têm o hardware necessário para habilitar serviços de rádio FM, os fabricantes ou usuários finais devem habilitar o chip receptor integrado em todos os aparelhos que contam com a opção. 

 

"Se o dispositivo tem todos os componentes para permitir a funcionalidade do receptor de frequência de radiodifusão sonora em modulação de fabricação, deve ser habilitado e ativado para o usuário, de modo que não há bloqueio ou restrição para operação", menciona o decreto. A medida destaca que o funcionamento do serviço de rádio FM é muito útil em momentos de emergência ou desastre, quando as redes de serviço móvel podem parar de funcionar corretamente.

 

De acordo com o levantamento do IFT, atualmente 97% dos aparelhos vendidos mundialmente estão equipados com este chip, mas apenas 34% estão ativados. O México é o primeiro país no mundo que exige que todos os celulares e smartphones tenham habilitado o rádio FM. 

 

Vale ressaltar que, segundo a provisão técnica IFT-011-2017, os fabricantes estão obrigados a ativar os chips existentes, mas não a manter a produção dos aparelhos com o chip.

 

 

RCR/TudoRádio