Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Geral

Dia Nacional da Juventude (DNJ) reflete sobre Meio Ambiente

Dia Nacional da Juventude (DNJ) reflete sobre Meio Ambiente

A Igreja irá celebrar o Dia Nacional da Juventude (DNJ) no próximo domingo (29). A data já é tradição entre os jovens católicos brasileiros e vem celebrar a vida da juventude de forma alegre, descontraída e comprometida, repensando seu papel na sociedade. A data surgiu em meio ao Ano Internacional da Juventude promovida pela ONU em 1985 e mantida pela CNBB até hoje. A proposta era achar um meio de inserir a juventude cristã na vivência do Evangelho levando em conta sua realidade social e tendo como base a Pessoa e a Mensagem de Jesus Cristo.  Todas as edições do DNJ se propõem a refletir e discutir sobre a vida da juventude. Este ano o tema é “Juventude em defesa da vida dos povos e da mãe terra” e o lema é “Os humildes herdarão a Terra”. A temática escolhida é uma extensão do tema da Campanha da Fraternidade 2017 que discutiu sobre questões ambientais. Na encíclica “Laudato Si’”, onde o Papa Francisco discute sobre os cuidados que devemos ter com o planeta Terra, o Pontífice afirma que “os jovens têm uma nova sensibilidade ecológica e espírito generoso, e alguns deles lutam admiravelmente pela defesa do meio ambiente”. (Laudato Si, nº 209). O DNJ é comemorado em escala nacional todos os anos no último domingo de outubro, exceto em ano eleitoral, em que se antecipa ou se adia uma semana da data original. Em algumas Dioceses, o DNJ já está sendo preparado e refletido pelos jovens. No site dos Jovens Conectados é possível acompanhar a programação de várias cidades. A Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB também lançou uma página na internet para divulgar o Dia Nacional da Juventude,encontre e baixe o cartaz e os subsídios deste ano: https://jovensconectados.org.br/material-dnj-2017.html
Rio Grande do Sul recebe 24ª edição do Congresso Gaúcho de Rádio e Televisão

Rio Grande do Sul recebe 24ª edição do Congresso Gaúcho de Rádio e Televisão

Teve início ontem (24), a 24ª edição do Congresso Gaúcho de Rádio e Televisão em Canela (RS), e segue até o dia  26, no Centro de Eventos do Hotel Continental. Esta é uma boa oportunidade para discutir o setor e participar de palestras de especialistas e profissionais do rádio e da TV sobre assuntos como comunicação, tecnologia, gestão e legislação. Segundo Roberto Cervo Melão, presidente da Associação Gaúcha de Rádio e Televisão (AGERT), organizadora do encontro, a expectativa é grande. “Organizamos este congresso com muito carinho e pensamos em cada palestrante com cuidado para trazer as melhores experiências aos participantes. Pelo número desta edição, dá para ver o quanto gostamos de organizar este encontro e o quão engrandecedora é a troca de experiências em cada congresso”, diz.  O presidente da ABERT, Paulo Tonet Camargo e o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, participaram da solenidade de abertura. O ciclo de palestras começou hoje, às 9h. Em paralelo acontecerá a feira de equipamentos. A ABERT estará no estande número 7, apresentando o MobiAbert, aplicativo integrador de rádios. A programação prevê palestras com Marcelo Pacheco (Grupo RBS), Domingos Secco Junior (Alright Media) e Giovanna Dalla Corte (Head of Media Consultoria). O diretor de Rádio da ABERT, André Cintra, falará sobre o panorama da migração de rádio AM para FM e o fim do sinal analógico de TV. O jornalista do SBT, Roberto Cabrini, falará sobre jornalismo investigativo e a apresentadora da RBS, Cristina Ranzolin, mediará um bate papo com as mulheres do congresso no Chá das Mulheres. Para finalizar o ciclo de atividades será realizada uma oficina de excelência em tecnologia. O jornalista da TV Globo, Alexandre Garcia, mediará a palestra Brasil, passado e futuro. Já Diego Casagrande, da Band RS, estará na palestra O Brasil de amanhã: liberdade econômica, desenvolvimento social e o fim da impunidade. O diretor de Assuntos Legais da ABERT, Cristiano Flores, participa do painel jurídico-regulatório com a secretária de Radiodifusão do MCTIC, Vanda Jugurtha, e o superintendente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Vitor Elisio. No último dia do congresso será escolhida a nova diretoria da AGERT.