Os 50 anos de história da Tua Rádio São Francisco e os 65 da Editora São Miguel foram comemorados com uma homenagem recebida pelo Legislativo caxiense em sessão solene realizada nesta semana no plenário da Câmara de Vereadores.

 

A rádio e a editora pertencem à Ordem dos Frades Menores Capuchinhos do Rio Grande do Sul. A fundação da São Francisco ocorreu em 17 de dezembro de 1965. Com o passar do tempo, a razão social da detentora do veículo de comunicação passou a ser Fundação Cultural Riograndense, que atende diferentes públicos com as emissoras São Francisco 560 AM e Maisnova 98,5 FM.

 

A Editora São Miguel é mantida pela Associação Literária São Boaventura. Foi criada em 1952 quando o jornal Correio Riograndense saiu de Garibaldi para ser editado em Caxias do Sul. Por muitos anos funcionou próximo à Igreja Imaculada Conceição, no bairro Rio Branco. Hoje está localizada no acesso ao bairro Desvio Rizzo.
 

Em seu pronunciamento, o vereador Alberto Meneguzzi falou da trajetória de 120 anos dos Freis Capuchinhos na cidade e região. Destacou a importância da Tua Rádio São Francisco e da Editora São Miguel, mas, principalmente da emissora, na qual atuou por sete anos e foi repórter, coordenador de jornalismo e apresentador. O parlamentar fez um histórico da evolução da emissora, lembrou de coberturas de eleições e de entrevistas com políticos, muitos deles agora seus colegas de Legislativo.

 

Da tribuna, o diretor-geral da Rede Tua Rádio e diretor da Editora São Miguel, Frei Álvaro Morés, iniciou sua fala dizendo a importância da relação dos frades com os imigrantes que colonizaram a região serrana. Observou que os capuchinhos tiveram participação direta na educação, na religiosidade, no cooperativismo, em questões sociais e até nas emancipações políticas.

 

Morés destacou o valor social da Gráfica São Miguel, que por meio de seu trabalho auxilia projetos em benefício a crianças, idosos e famílias. Mostrou a evolução tecnológica da empresa, salientando sua qualidade reconhecida por meio de prêmios nacionais.

 

Ele também fez um histórico sobre a rádio, anunciando que em 4 de outubro ela dará um grande passo: além de operar em sistema AM, também poderá ser ouvida em FM, pelo 88.1, o que oferecerá mais qualidade aos ouvintes.

 

O prefeito Daniel Guerra (PRB) destacou a solidez da rádio e da editora e o trabalho dos freis, como exemplo ético, religioso, cívico, cultural e educativo. Destacou seus projetos sociais e agradeceu pelo que fizeram por Caxias do Sul.

 

Além do presidente do Legislativo, Felipe Gremelmaier (PMDB), Morés e Guerra, integraram a mesa do plenário a vereadora e 1ª secretária da Casa, Paula Ioris (PSDB) e o Frei Nilmar Carlos Gatto, provincial dos Freis Capuchinhos no Rio Grande do Sul e presidente da Associação Literária São Boaventura.

 

Na plateia estavam presentes funcionários e colaboradores da Tua Rádio São Francisco e Editora São Miguel, Lefan e projetos Sociais  e comunidade.

                                                     

 

Signis Brasil/Correio Riograndense